Confraria viajando pela Toscana…

Podemos falar muito de novo mundo mais a gente realmente percebe a grandeza do vinho quando se degusta um do velho mundo, o papo realmente é diferente e não tem como comparar. Veja, não estamos falando que são melhores ou piores só estamos falando que ainda existe uma grande diferença entre um vinho do novo mundo e um vinho do velho mundo.

Desta vez a Confraria dos Panas decidiu fazer uma degustação de vinhos Italianos da região da Toscana. Foram vinhos diferenciados com o objetivo de degustar algo fora do comum. Tivemos casos de alguns confrades levarem vinhos comprados em viagem ou seja, são vinhos que só indo na fonte para serem degustados aqui no Brasil.

ChampagneMontaudon20130508

pellegrino_20130508

Toscana_20130508_prato

Esta é a lista dos vinhos da noite que foram abertos nesta ordem, como detalhe adicional todos foram decantados, nos reunimos na casa do confrade Francisco e harmonizamos tudo com algumas carnes feitas na churrasqueira com temperos e Toscanos. Fechamos o jantar com uma receita já clássica da Confraria dos Panas, o Brasato ao Barolo que mais uma vez ficou tudo a ver com a harmonização. Não posso esquecer que abrimos o encontro degustando um Champagne Montaudon que estava um espetáculo!


Dievole2004Dievole Novecento Riserva 2004 – Este vinho se apresentou bem agradável, tinha notas de frutas vermelhas, baunilha e ameixa. Percebe-se pouco o teor alcoólico, e é macio. Apresenta uma cor caramelo escuro. Não pede acompanhamento, porém tão pouco fica para trás com comida é uma ótima sugestão para qualquer momento.


PoggioDiSottoBrunello2004Poggio di Sotto Brunello di Montalcino 2004 – É um vinho que agrada! Traz notas de café e de amora. Também apresentou pouco teor álcool na boca. Muito macio. Apresenta uma cor caramelo. As características deste vinho estavam bem perto a do primeiro, só que este no momento da harmonização ficou devendo. Acreditamos que harmonizando com comida mais leve, do que carnes vermelhas fica melhor.


PoggioDiSottoRosso2006Poggio di Sotto Rosso di Montalcino 2006 – No terceiro vinho encontramos um expoente de mais caráter. Ficou acima no quesito da harmonização com o cordeiro. Traz notas de frutas vermelhas fresca. É um vinho bem fresco na boca. Também notamos que traz menos sinais de barrica. Apresenta uma cor caramelo na taça.


CastelloBanfiExcelsus2007Castello Banfi Excelsus 2007 – Este expoente pede sem dúvidas comida e com gordura se for possível. De fato é mais untuoso na boca e está novo. É bastante alcoólico e traz notas de café. Não é um infanticídio, porém recomendamos uma guarda de 2 a 3 anos antes de abri-lo.


DonTommaso2007Principe Corsini Don Tommaso 2007 – Este vinho ainda se apresenta novo e fechado, mesmo após passar várias horas no decanter. Após um tempo na taça traz notas de baunilha e alcaçuz. De fato é um vinho que não recomendamos abrir agora. Melhor deixá-lo no mínimo de 3 a 5 anos antes de se aventurar a degustá-lo.


O resultado da votação foi unânime, o Poggio di Sotto Brunello di Montalcino 2004 foi o grande vencedor da noite!


Toscana_20130508


tin-tin

Edição: Evandro Silva / Francisco Stredel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s