Projeto Imagem: Vinícola Aurora

Continuando a falar sobre nossa viagem a Serra Gaúcha, a convite do IBRAVIN (Instituto Brasileiro do Vinho), hoje o tema será a Vinícola Aurora.
Visitamos a Aurora como parte do projeto Imagem Carnaval 2013, sendo que a vinícola foi uma das patrocinadoras do Carnaval de São Paulo 2013. Fomos muito bem recebidos pela Débora Ribeiro (Assessora de Imprensa) e pelo enólogo André, que nos conduziram por um tour nos vinhedos de Pinto Bandeira. Bom, sobre a visita eu já falei com detalhes, veja no post.

IMG_3394

IMG_3388

Neste post vamos contar um pouco da história e das minhas impressões sobre os vinhos.
A história da Aurora começa em 1875 com a chegada dos imigrantes italianos na Serra Gaúcha, e em 1931, quando dezesseis famílias se uniram para formar o que é hoje a Cooperativa e Vinícola Aurora. Hoje a cooperativa possui a linha de derivados de uva mais diversificada do Brasil, elaborando desde vinhos de mesa, como o famoso Sangue de Boi, outras bebidas, como Keep Cooler, suco Casa de Bento e os vinhos finos Marcus James e Aurora.


IMG_3415
Falando sobre os vinhos, um que me chamou muito a atenção foi o espumante Aurora Brut Rosé. Eu já havia provado em algum evento, mas não tinha dado a devida importância. Sabe que vinho é momento, além de qualidade claro, mas as vezes o momento não nos deixa avaliar um bom vinho, ou nos permite avaliar e não curtir. Neste caso pude fazer os dois e me impressionei. O Aurora Brut Rosé é elaborado com 80% Pinot Noir (vinificada em rosé) e 20% Riesling Itálico, utilizando o método Charmat. Um vinho leve e que apresenta uma cor rosa clara, o que me agrada. É refrescante, ideal para os dias mais do que quentes.


IMG_3455
Na hora do almoço provamos o Aurora Pinto Bandeira Chardonnay 2011. Um vinho que traz a denominação de procedência de Pinto Bandeira, é elaborado com 100% da casta e passa 3 meses em barricas americanas. Um vinho que apresenta uma cor amarelo palha e traz no nariz notas de frutas e baunilha. Na boca é leve, frutado e com boa persistência.


IMG_3461
Para encerrar provamos o que eu chamo de “meu queridinho”, o Colheita Tardia. Este vinho provei pela primeira vez sob intermédio de um amigo do trabalho que me trouxe de presente. Ele dizia que tomava um vinho “baratinho”, “docinho” e muito bom. Posso dizer que dos três itens, o primeiro já não é tanto por conta da nossa carga tributária e outras questões que não vem ao caso agora. Realmente este é um vinho que me agrada! Elaborado com Semillon e Malvasia Bianca, tem 12% de álcool, é aquele vinho de sobremesa para o dia a dia. Tem boa acidez, mas não muita estrutura o que não permitiria uma sobremesa com um doce muito acentuado na minha opinião. Mas, por exemplo, com uma salada de frutas, creme ou mousse iria muito bem.


IMG_3432


tin-tin

Edição e Fotos: Evandro Silva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s