Vertical Storia 2005, 2006 e 2008. é muita “Storia” para contar….

Ontem estivemos na Morumbi Grill em São Paulo para provar a vertical deste vinho que chega na sua terceira edição. A expectativa era grande, pois este vinho na safra 2005 é considerado um ícone dos vinhos nacionais. Para se ter uma idéia hoje no mercado não se encontra a venda, pode ser que um ou outro lojista tenha lá uma garrafinha escondida em algum canto da loja, mas certamente cobrará um preço bem acima do mercado. Já a safra 2006 veio com grande campanha de marketing, mas o vinho não decolou no primeiro momento. Eu percebo que a safra 2006 tem que dar tempo a ela, por exemplo a cada ano que passa tem melhora significativa.
Repetindo uma receita que deu certo, a Casa Valduga lançou a pouco mais de uma semana a safra 2008. Esta já mudou até na apresentação, vem em uma embalagem negra fosca e de muito bom gosto. Muda também o contra-rótulo, vem mais moderno e com código QR Code. O rótulo mesmo não muda, continua muito elegante e trazendo a mesma identidade a marca. Em uma visita a Casa Valduga, Francisco Stredel e eu tivemos o prazer de provar (ver post) este vinho ainda jovem na barrica e esperávamos ansiosos pelo vinho.
Chegamos finalmente ao momento tão esperado, o encontro entre o Storia 2005 e os dois irmão 2006 e o caçula 2008. Feitos usando o mesmo método com 12 meses em barricas de carvalho francês e mais 24 meses em garrafa, este vinho é composto por 100% da casta Merlot. Em números de garrafas saíram 6.122 da safra 2005, depois 9.993 para 2006 e por fim 12.000 da safra 2008.

A grande expectativa era saber se a Casa Valduga conseguiria repetir a mesma qualidade esperada no 2006 agora no 2008, ambos comparados ao grande vinho de 2005. A primeira impressão que se teve provando os 3 vinhos é que o 2005 contínua ainda novo, o que mostra um bom potencial de guarda. A safra 2006 melhorou um pouco ao ano anterior, ficou um pouco mais redonda. Já o 2008 acredito ser o mais pronto ao primeiro momento. Não que o vinho não tenha guarda, tem! Mas é um vinho que se comparado ao 2006 veio mais redondo no seu lançamento. Todos mostram as mesmas características na cor um vermelho bem violáceo. Já no nariz as mesmas notas de caramelo, chocolate, moca e fruta negra.
Só a safra 2008 que pareceu fechado no primeiro momento. Na boca todos trazem notas de café, caramelo e fruta negra.
Após um tempo na taça as diferenças começam a aparecer, a safra 2008 traz notas animais no nariz, o que não tão perceptível nas outras safras. A safra 2006 fica um pouco mais redonda, já o 2005 é perfeito, elegante, aveludado e potente. Eu o comparo a um Maserati, luxuoso, confortável e sem perder sua potência. Bom, que fique claro que nunca andei em uma. Todos mantém acidez e taninos em harmonia. É um vinho que ao que tudo indica a vinícola acertou a mão, ou seja a receita sempre será a mesma.
Resumindo este será um vinho que terá como diferencial a safra, se foi uma safra muito boa, será um vinho muito bom! Se for uma safra excepcional como a 2005, ai pode ajoelhar e beber…

Se quiser saber mais sobre este vinho, veja e a entrevista que fizemos com a Juciane Casagrande (Diretora Comercial da Casa Valduga) no lançamento da safra 2006.

tin-tin

Edição: Evandro Silva

5 comentários sobre “Vertical Storia 2005, 2006 e 2008. é muita “Storia” para contar….

  1. Parabéns pela matéria, achei de grande valia como informação e referência. Tenho visto que no mercado consegue-se um exemplar do Storia 2006 pelo valor de R$ 180,00, em média. Gostaria de saber, na sua opinião, se o valor do Storia 2008 seguirá o mesmo preço do 2006. Sabemos que não é fácil encontrar o Storia 2005, talvez em mãos de colecionadores. Quanto estaria valendo um exemplar do Storia 2005?

    Curtir

    1. Olá Christiano, muito obrigado pela visita ao blog.
      Então o Storia 2008 esta a venda acredito que na casa dos R$160,00. Já o 2006 é possível que encontre por R$180,00. Agora o 2005 eu tenho ainda alguns exemplares que guardei, mas ouvi dizer que em Gramado/Rs estavam pedindo perto de R$300,00.
      Sinceramente todos são grandes vinhos, mas o preço poderia ser mais em conta.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s