Bardega: A idéia é boa, mas….

Recentemente pude voltar mais uma vez ao Bardega, localizado no bairro do Itaim-Bibi em São Paulo. Para aqueles que ainda não conhecem é um bar e adega juntos (winebar), bem como diz o nome. O lugar é bonito, tem bom atendimento e algumas fileiras de vinhos onde o cliente pode tomar por taça. São 12 máquinas Enomatic que isolam o vinho do contato com o oxigênio e proporcionam pouco mais de 100 rótulos. Há vinhos argentinos, chilenos, espanhóis, franceses e por ai vai.
Eu chamaria da Disneylandia dos vinhos!
Mais cuidado, se “brincar muito no parque” a brincadeira pode sair cara.

IMG_2180_1

Pode até parecer uma grande variedade de vinhos, não é? Bem, nem tanto, pois senti falta de alguns brancos como da Borgonha onde por duas vezes encontrei somente um rótulo. Há sim, uma maioria maciça de tintos, deixando pouco espaço para os brancos e rosés. Isso pode até ser por questões de faturamento e saída, mas neste verão um vinho branco iria bem, não acha? Não serei totalmente injusto, pois há um rótulo do Domaine Huet que é um espetáculo. Há também o Château d’Yquem que apesar de ser mais caro, vale a pena cada gole. Por outro lado senti a falta de grandes e famosos rótulos como o Barca Velha, Mouchão 3-4, Vega Sicília, Opus One entre outros.
A idéia é boa, mas vale a pena conferir e formar a sua opinião.

Fotos: Janice Prado Fotografia

Saúde!

Edição: Evandro Silva

2 comentários sobre “Bardega: A idéia é boa, mas….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s