Vinhos: decantar ou arear? Eis a questão… (por Fátima Santoro)

          Acredito que a maioria já deva ter visto um "decanter" ou um "decantador de vinhos", mas caso não tenham visto ainda, é um tipo de um jarro de vidro ou cristal onde colocamos o vinho, e que tem três funções básicas: arear, decantar e servir o vinho.

          Os enófilos, apreciadores e colecionadores de vinhos (isso mesmo que você está pensando, somos nós mortais que adoramos um bom vinho), costumam comprar alguns vinhos que vai demorar alguns anos para evoluir na garrafa até ficar bom para beber, são os vinhos de guarda, longevos por natureza, que podem demorar até 10, 15, 20 anos ou mais para ficar "pronto" para beber (depende do vinho). Mas e se o enófilo não quiser esperar tantos anos para beber aquele vinho? Então ele dá um jeitinho de acelerar o amadurecimento ou o envelhecimento do vinho de forma que fique bom para beber naquele momento, através do decantador de vinhos. A receita é bem simples: verter o vinho no jarro decantador e deixá-lo lá para AREAR, ou seja, para entrar em contato com o ar, com o oxigênio e oxigenar, para que o vinho oxide e envelheça ao ponto de ficar bom para beber. Então, se o vinho é muito novo e não está pronto para beber, nós areamos o vinho. É um processo que pode levar várias horas, já aconteceu de deixarmos um vinho em nossa adega decantando por 14 horas e depois mais 10 na garrafa! E como saber quanto tempo levará para ficar pronto? Bom, o mais correto é que se conheça o vinho que vai ser areado para saber a média de anos que ele costumaria levar para ficar pronto além de se ter em conta se a safra dele foi uma safra normal ou muito boa (quando se compra um vinho numa loja especializada estas informações costumas ser passadas ao consumidor) mas se não soubermos nada disso, a dica é a seguinte: passado meia hora areando o vinho, prove um gole pequeno e veja como está, repetindo novamente a prova temporariamente (de hora em hora, por exemplo), mas não vá acabar com o vinho só provando, heim! Quando sentir os taninos maduros, que não "agarram" na boca, quando o vinho descer macio, quando sentir que o teor de álcool junto com a acidez e os taninos estão em harmonia, o vinho está pronto. Você perceberá também a evolução de aromas que o vinho te trouxe durante o processo.

          Agora vamos imaginar que o enófilo tinha outra garrafa daquele vinho, mas de uma safra muito antiga, ou seja, ele esperou os 20 anos para beber o tal vinho. Este vinho, para poder ter ficado guardado tanto tempo, ele tinha os taninos muito fortes que com o tempo foram "amaciando", amadurecendo na garrafa, e como os vinhos de guarda não são filtrados no seu engarrafamento, o vinho teve uma parte sua que se solidificou, ou seja, criou um depósito, ou uma borra dentro da garrafa com o passar dos anos. E na hora de servir o vinho, se não tomarmos alguns cuidados, acabamos por beber esta borra. Não que seja errado, nada disso, mas queremos beber o vinho sem a borra, para podermos perceber como ele ficou após os longos anos em garrafa. Então, um dia antes de abrir o vinho, colocamos a garrafa em pé para que toda a borra vá para o fundo da garrafa e o vinho estabilize. Começamos com o processo de decantação. Na hora de abrir o vinho, podemos usar o jarro decantador para "decantar" o vinho, ou seja, para separar os sedimentos do líquido. Vertemos o vinho no jarro com muito cuidado, devagar, e de preferência contra a luz para podermos enxergar o interior da garrafa, pois quando o vinho estiver no final, vamos perceber nitidamente a borra se aproximar do gargalo da garrafa e neste momento paramos de derramar o vinho no jarro. Agora o vinho está no decanter e os sedimentos na garrafa, é só degustar e ser feliz! Neste caso, o vinho não vai precisar oxidar, pois ele já foi oxidando lentamente com o passar dos anos até ficar pronto para beber.Também podemos colocar todo o vinho no decanter e voltá-lo para a garrafa com um funil para vinhos, que vem acompanhado de um coador para filtrar o vinho. Então, se temos um vinho muito antigo que precisa separar o líquido do sólido, nós decantamos o vinho.

          A terceira função básica do jarro decantador é a de simplesmente servir o vinho. Existem muitos tipos e formatos de decanter, uns mais lindos que outros. O fato simplesmente de colocar o vinho num belo decanter e servi-lo em nossas taças e de nossos convidados, fica um serviço charmoso, glamouroso. É mais um acessório para quem gosta de curtir as coisas gostosas do mundo do vinho.

          Mas enquanto o seu vinho está lá decantando, aproveite este calor gostoso e faça o que eu fiz: na beira da piscina, pedi ao garçon que me trouxesse a carta de vinhos do hotel, escolhi um branquinho bem sequinho e leve e pedi que trouxesse também num balde só com gelo para mergulhar a garrafa. Hummm, o vinho estava ótimo, bem aromático e ficou perfeito com o momento!

Saúde!

Fátima Santoro.
(Consultora de vinhos da Portal dos Vinhos)

Matéria publicada no jornal Bairro News Morumbi


tin-tin

Edição: Evandro Silva / Francisco Stredel

3 comentários sobre “Vinhos: decantar ou arear? Eis a questão… (por Fátima Santoro)

  1. Olá!
    Este ano resolvi experimentar fazer um vinho de jabuticaba.
    Preparei tudo de acordo com uma receita de um fabricante que achei na internet.
    Hoje separei o vinho do bagaço e o experimentei, deve ser natural que esteja mesmo bem ácido.
    Não tenho nenhuma de como se fábrica um bom vinho, mas resolvi apostar.
    Agora estou precisando de dicas, de como tornar meu vinho bom, prefeito de se beber.
    Poderia me ajudar?
    Obrigado, abração, Márcio Borges.

    Curtir

    1. Olá Marcio!

      É bom que esteja fazendo este tipo de experimento. Sobre fazer vinho, primeiramente gostaria de esclarecer que para se chamar vinho, deve ser feito exclusivamente de uva. No caso de usar outra fruta, pode-se chamar de licor.
      Fazer vinho em casa não é tão fácil como parece, dá trabalho mas é uma experiencia interessante. Veja esta matéria sobre um vinho que tentei produzir em casa: https://confraria2panas.org/2015/02/25/fazendo-vinho-de-verdade/ .
      Se tiver alguma dúvida, pode perguntar!

      Obrigado!
      Evandro
      confraria2panas.org

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.