Vertical Alma Negra (Um mistério desvendado)

Já  faz um tempo que buscamos fazer esta degustação. Passamos dias e dias procurando o Alma Negra 2006 para completar a nossa vertical. Para se ter uma idéia até procuramos na Argentina que é o país de origem, porem, não tivemos sucesso! Foi então que decidimos fazer a vertical com os vinhos que já tínhamos nas nossas adegas. O pana Francisco Stredel e o Fernando Gattaz eram os que detinham as perolas, nos reunimos na Trattoria do Pietro, comemos um belo bife a Parmeggiana e degustamos os vinhos. Vai aqui o nosso veredicto:

Alma Negra Blanc de Blanc –  100% Chardonnay, Método tradicional, colheita manual e passa 12 meses em garrafa. O Espumante para brindar o inicio da degustação fez muito sucesso. Um vinho que traz uma perlage fina e constante. Leve e elegante, ainda traz notas de fermento e noz moscada. Podemos arriscar em dizer que é o melhor espumante Sulamericano fora do Brasil. E olha, se colocado com alguns nacionais, ganha de goleada. Só provando para saber. Preço aproximado na casa dos R$60,00 e com 12,7% Vol.Alc.

Alma Negra Pinot Noir 2008 – 100% Pinot Noir, com vinhedos do Vale de Uco e produção de 6000 garrafas. Um ótimo Pinot Noir, traz notas de tabaco, couro, cravo, especiarias, estabulo e um leve tutti-frutti. Vinho persistente, redondo e muito equilibrado. A garrafa vazia ainda permanece e acreditem ainda traz um aroma forte de tabaco. Em falta no site do importador, mas acreditamos ser um vinho na casa dos R$70,00. 13,0% Vol.Alc.

Alma Negra 2007 Misterio I – Como o proprio nome já diz, o corte é um mistério. Repousa 16 meses em barricas francesas. Traz notas de baunilha, caramelo e frutas negras. Bons taninos, acidez e um retrogosto um pouco acedo. Um vinho jovem e que pede guarda. Ótimo para acompanhar uma boa carne ou massa. Vinho na casa dos R$60,00. 14,4% Vol.Alc.

Alma Negra 2005 Misterio I – Como no vinho anterior continua sendo um mistério. Com produção de 16236 garrafas, passa 12 meses em barricas francesas. É um vinho untuoso com amanteigado na boca e um leve "mofo". Este vinho realmente tinha algo estranho, misterioso, mas não para o bem. Precisamos adquirir outra garrafa desta safra para provar. 13,5% Vol.Alc.

Alma Negra 2004 Misterio I – Com produção de 16236, recebeu 91 pontos Robert Parker. Um vinho de incrivelmente ainda jovem e que pede comida. Traz notas de frutas vermelhas e um pouco de mineral. 13,7% Vol.Alc.

Por fim, fizemos a eleião dos melhores da noite. Tiramos da votação o espumamte que foi unanime a aprovação de todos. Foram eles: Misterio I 2007, Pinot Noir 2008, Misterio I 2004 e Misterio I 2005.

Bom podemos completar aqui dizendo que o corte Mistério I por questões que não vem ao caso falar foi divulgado no nosso mercado. É uma pena, pois toda a paixão e o mistério faz parte do encanto.


Gostariamos de agradecer à Tratorria do Pietro Morumbi (www.trattoriadopietro.com.br) por ceder o local para degustação.

tin-tin

Edição: Evandro Silva / Francisco Stredel

Um comentário sobre “Vertical Alma Negra (Um mistério desvendado)

  1. Invejo a degustação de vocês. Nunca experimentei o Mistério I, mas devo dizer que venero o Mistério II, mas infelizmente não consigo encontrá-lo no Brasil.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s