Degustação Herdade do Sobroso na Portal dos Vinhos, uma aula!

Foi uma grande noite. Tivemos a presença de Sofia e Felipe proprietários da vinícola Herdade do Sobroso na Portal dos Vinhos. Numa degustação que trouxe vinhos alentejanos feitos por quem ama o que faz. Neste encontro Felipe nos explicou um pouco do complexo enoturístico, da historia e sobre o processo de vinificação e castas. Aos presentes foi uma aula sobre vinho alentejano, todos puderam fazer suas perguntas e que foram muito bem respondidas por Felipe.
A cada vinho servido tínhamos informações sobre a sua produção, castas e o porque da decisão dele como enólogo optar por elas. Sofia por sua vez completava algumas informações sobre a vinícola e alguns vinhos. Aliás provamos bons vinhos, eu particularmente já os conhecia, pois tive o prazer de conhecer a vinícola pessoalmente.


Sofia e Felipe da Herdade do Sobroso

Bem, vamos as estrelas da noite:

Sobro Branco 2009, elaborado com as catas Arinto, Antão Vaz e Perrum. Com produção de 10.500 garrafas é um vinho que mostra todas as suas características no nariz e na boca. Traz notas cítricas, maça e pêra. Um vinho leve, refrescante, intenso, boa acidez e fácil de beber. Acompanharia muito bem um peixe. Traz também um característica bem mineral, proveniente da casta Perrum. 13,5% Alc
R$43,50

Sobro Tinto 2008, elaborado com as castas Aragonês, Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon e Syrah. Passa 6 meses parte em barricas de carvalho francês e americano. Com produção de 36.000 garrafas é um vinho untuoso, com notas de frutas vermelhas, amora e que após um tempo na taça traz café e caramelo. Tem um sabor marcante, mas ainda um vinho jovem. 14,0% Alc
R$44,50

Herdade do Sobroso Tinto 2007, elaborado com as castas Aragonês, Trincadeira, Alicante Bouschet e Afrocheiro. Passa 14 meses em pipas francêsas de 500l e mais 9 meses em garrafa. Com produção de 38.200 garrafas é um vinho muito equilibrado. Traz notas de chocolate, baunilha, frutas vermelhas, especiarias. Complexo no nariz e na boca. Pronto para beber, boa acidez e tanino. Um vinho equilibrado e bem elegante. Foi a grande estrela da noite. Conversando com Felipe perguntei qual seria a proporção e o que cada casta contribuía para este vinho. Segundo ele a Aragonês contribui para elegância, a Trincadeira a força, a Afrocheiro a elegância, já a Alicante Bouschet o volume. Numa proporção de aproximadamente 20% para cada casta o torna um vinho muito agradável tanto no nariz quanto na boca. Em resumo, um belo vinho. 14,5% Alc
R$74,00

Herdade do Sobroso Reserva 2007, elaborado com as castas Aragonês, Alicante Bouschet e Cabernet Sauvignon. Passa 12 meses em barricas novas de carvalho francês. Com produção de 7.026 garrafas é um vinho untuoso, com notas de baunilha, chocolate, pimenta branca e café. Um vinho mais gastronômico. 14,5% Alc
R$147,00

Por fim, fomos agraciados com uma degustação gourmet de azeite e geléias produzidas pela Herdade do Sobroso. Menção honrosa para a compota de abóbora com amêndoa, um sucesso.

Mais informações sobre a Herdade do Sobroso, veja o nosso post
http://confraria2panas.sosblog.com/Confraria2Panas-b1/Portugal-Diario-de-Bordo-2-dia-A-descoberta-de-um-novo-nome-por-Evandro-Silva-b1-p176.htm


Para registrar este encontro

tin-tin

Edição: Evandro Silva / Francisco Stredel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.