Diário de Bordo Centro América #6 – Costa Rica (por: Carlos Morey)


Costa Rica (San Jose) – Plaza Central: Penúltimo destino nesse rápido giro pela América Central. Encontro um muito, mas muito parecido com o Brasil! Seja pelas coisas boas (cidade moderna, boas ruas e avenidas, praças bonitas, boa infraestrutura (aeroporto, restaurantes, bares, etc.), seja coisas ruins (sujeira, trânsito, gente dormindo nas ruas, casas com grades, radares, pichações, etc.). E no coração da cidade, a Plaza Central, camelôs, desocupados, drogas, espertalhões, etc.

Catedral Metropolitana: Principal templo católico da Costa Rica! O nosso saudoso papa João Paulo II esteve aqui em 1983.

Museu Nacional: A origem do nome Costa Rica não é clara. Uns dizem que foi porque Colombo (nome da moeda local) na sua quarta e última passagem pelas Américas em 1502 parou e encontrou vários indígenas forrados de ouro! Quando voltou para a Espanha e tentou voltar para a então Costa Rica, mas a sua patrocinadora estava à beira da morte (Rainha Isabella)! Ele morreria 4 anos mais tarde…
Outra corrente diz que o nome Costa Rica veio do também explorador espanhol Gil Gonzalez Dávila quando 20 anos mais tarde explorou a costa do Pacífico da Costa Rica!
Os povos originários dessa região mantinham contato com os Maias e Aztecas ao Norte e os Incas ao Sul. Eles tinham uma fissura numa esfera… Quando os espanhóis chegaram, eles eram cerca de 400 mil onde hoje é a Costa Rica. 3 séculos mais tarde eles eram apenas 8 mil… Acredito, na minha ignorância, que seja por isso que a Costa Rica seja o país com uma etnia predominante europeia…

Plaza Espanha: Os colonizadores não encontraram aquele ouro todo que o Colombo acreditou… Na verdade acharam muitos terrenos pantanosos, florestas densas, vulcões e deixaram a região meio de lado! O real tesouro só foi surgir bem mais tarde..

Parque Nacional: Lembram do pilantra Willian Walker? Quando ele da Nicarágua quis invadir a Costa Rica, todos os países da América Central se juntaram e botaram para correr! Essa praça e monumento retratam esse feito…

Centro Nacional da Cultura: Na década de 40, o então presidente, José Figueres Ferrer fez uma coisa inusitada. Sobretudo para a região… E deu o tom do país para o seu futuro: acabou com as forças armadas!

La Fortuna – Vulcão Arenal: O tesouro da Costa Rica que comentei atrás que os espanhóis não perceberam e que só recentemente foi descoberto e valorizado é a NATUREZA! Florestas densas, 2 oceanos, rios, 112 vulcões (7 com atividade), etc. Entre os vulcões ativos está o Arenal. A última grande erupção foi em 1968, mas sempre expeli uma fumaça e uma lava (2010)!

La Fortuna – Termas de Baldi: Uma expressão que os costa-riquenhos usam direto é “Pura Vida”! Ela nasceu com um filme mexicano de igual nome (1956) e significa um estado de ser, atitude e desejo de bem ao próximo! Também é usado como despedida…
Na encosta do Arenal temos uma natureza muito rica, animais selvagens, águas termais e um potencial tremendo de turismo!

Fotos/Texto: Carlos Morey

Edição: Evandro Silva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s