Diário de Bordo França 8º dia – Vinexpo 2011, provando Bordeaux com o melhor sommelier do mundo

Hoje fui na Vinexpo pela terceira vez. Só pude ficar no período da manhã, já que tinha de viajar por no mínimo 6 horas de estrada. Visitei o amigo Raphael Allemand, nos vinhos de Provence e depois fui conferir alguns vinhos da região de Bordeaux. Inclusive participei de uma delas promovida pela SOCAV (Societé de Commercialisation et Approvisionnement de Vins). Fechada, apenas 2 representantes Stéphanie Fortayne e Frédéric Maurin, um produtor Philippe Chety, e nada mais nada menos que o melhor sommelier do mundo em 1983, Jean-Luc Pouteau. Hoje ele presta uma consultoria para SOCAV, onde recomenda e assina os vinhos.

Por ter que enfrentar uma estrada depois, sugeri que só provássemos 3 vinhos e sendo um de cada tipo (branco, tinto e licoroso). Começamos pelo Château de Bessanes (Graves) 2010, leve, frutado e muito refrescante. Depois degustamos o Château Les Graves de Cotês de Bourg Cottière 2008 AOC Côtes de Bourg, com 60% Merlot, 25% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc, mostra aromas de frutas vermelhas frescas e tostado. Na boca é mais frutado e persistente. Por último degustamos o Château Haut Theulet 2004 AOC Monbazillac (55% Semillion, 30% Sauvignon Blanc, 15% Muscadelle) um licoroso produzido bem perto de Saint- Emillion, mas que não leva a denominação, é uma delícia. Ótima acidez, residual de açúcar, é tudo muito bem equilibrado. Traz notas de mel, frutas secas e abacaxi. Comentei com Jean-Luc Pouteau, que este é melhor que alguns Saint-Émillion que já provei. Aliás ocorreu um fato curioso na degustação, este último vinho já estava aberto há algum tempo, não sei dizer quanto. Ao colocar no nariz, imediatamente Sr. Pouteau pediu para recolher o vinho. Segundo ele o vinho já havia danificado e pediu que viesse outra garrafa. Esta ultima também estava aberta, mas em ótimas condições.

Depois desta degustação, fui dar uma volta na feira e antes de ir, uma paradinha no stand da Bodegas Muga, onde provei 3 vinhos que não conhecia: Muga Chardonnay, Muga Rosé e a Cava Casa Conde de Haro. Gostei dos 3! Não poderia duvidar, pois até hoje só provei vinhos muito bons desta Bodega Espanhola.

Bom, minha participação na feira acaba por aqui e quinta é o último dia. Só me restou cair na estrada…

Algumas imagens do dia…


Evandro Silva, Jean-Luc Pouteau e Philippe Chety


Recomendado pelo Sommelier


Com foie gras, uma delícia!


Fechando minha participação na feira com chave de ouro.

Acompanhe nossa viagem aqui no blog!

tin-tin Edição:

Evandro Silva/Francisco Stredel

Um comentário sobre “Diário de Bordo França 8º dia – Vinexpo 2011, provando Bordeaux com o melhor sommelier do mundo

  1. Evandro,

    Sensacional a cobertura dessa viagem, vc e o Emílio estão de parabéns. Espero poder fazê-la um dia. Se vc já estiver por aqui na segunda, farei uma degustação no Ráscal Itaim Bibi. Se se interessar, me procure.

    abraço e feliz retorno

    Jeriel

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.