Diário de Bordo França 9º dia – Descobrindo os encantos de Provence…

Enfim chegada a hora, vim conhecer Provence. Graças ao amigo Raphael Allemand (Vinhos de Provence), consegui algumas visitas na região. Após quase 7 horas de viajem de Bordeaux a Marseille, cheguei no final da noite de quarta-feira e no dia seguinte fui visitar 2 vinícolas.
Aviso aos marinheiros de primeira viagem como eu, peguem as referências de localização do GPS, pois chegar até as vinícolas não é uma tarefa das mais fáceis.

Bom, primeiro fui conhecer a região da A.O.C. Sainte Victoire, Começando pelo Château de Pourcieux. O Château fica na Vila de Pourcieux, que é muito pequena e com cerca de 800 habitantes. Logo na minha chegada já encontrei Michel d’Espagnet, que desde 1986 assumiu o Château. Uma pessoa muito simpática e atenciosa, ficamos um bom tempo conversando sobre o terroir de Provence, o Mistral (vento da região), as montanhas (Sainte-Victoire e Auréliens), vinhos e claro sobre o Brasil. Recebido dentro de seu château, provamos um branco e um rosé, ambos 2010. Gostei muito dos 2, aliás é uma pena que ele produza pouco do branco, pois a meu ver é um ótimo vinho. O rose é sem comentários, já escrevi aqui neste blog sobre ele, é um senhor vinho.
Já no final da visita o Michel me propõe um desafio, provar um vinho da safra 2003 e 100% Syrah. Eu havia dito a ele durante nosso bate-papo que não era grande apreciador de vinhos só Syrah, e que ao meu gosto sempre precisaria de um corte, salvo algumas exceções. Provamos o vinho, realmente é bom, mas ainda um tanto que novo e merecia decantar. Michel concordou e já me avisou antes de eu provar. Bom, como não podia vir com esta dúvida para casa, o que fiz? Pedi a ele um pouco do vinho para provar no hotel à noite. Muito gentilmente ele concedeu e depois de 12 horas eu provei o vinho novamente, e posso dizer… (não, não, isso vou comentar em outro post).

A próxima visita foi ao Château Ferry Lacombe. Localizado na rota de Saint-Maximin, em Trets-en-Provence. Esta a poucos quilômetros do primeiro e localizado bem na rodovia.
Chegando ao château fui recebido por Michel Pinot e seu filho M.Pinot Matthieu.
Matthieu me levou a conhecer as instalações e me contou sobre o processo de vinificação até o engarrafamento. Depois fomos para degustação, onde eu pude provar toda gama de vinhos roses produzidos, com atenção especial ao Fidis, Naos e Haedus que levam nomes de estrelas. Estes eu não havia provado. Outro destaque é ao Equinoxe, um ótimo rose e que tem uma apresentação impecável.

Bom, a minha primeira visita à região de Provence acaba por aqui. Em breve outros posts com mais detalhes de cada produtor e com algumas curiosidades da região.

Amanhã tem mais Provence!

Algumas imagens do dia…

Château de Pourcieux



A degustação



Já falei e muito bem deste vinho, assino embaixo!


Château Ferry Lacombe


Até no engarrafamento pode-se notar a beleza da cor do rose de Provence


Ótima apresentação, mas o melhor está dentro da garrafa



Acompanhe nossa viagem aqui no blog!

tin-tin

Edição: Evandro Silva/Francisco Stredel

6 comentários sobre “Diário de Bordo França 9º dia – Descobrindo os encantos de Provence…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.